Jornal de domingo: Saviano morto-vivo, a menina que nunca pode tomar sol, Walt Disney do mal e +


O sr. pensa muito em sua própria morte? 

Bastante. Me dizem que o TNT é o pior, mas eu sinto mais medo de balas. Sei que me farão pagar -está escrito.

Convivo tanto com isso que já não me assusta mais. Quando chegarem, porque chegarão, será dentro de algum tempo. A tensão me defenderá por alguns anos.

Sei que vão acabar comigo. Cedo ou tarde, vão fazê-lo.

O jornalista italiano Roberto Saviano, autor do best-seller Gomorra, adaptado ao cinema, e que destrincha a máfia napolitana, que o jurou de morte, mas, felizmente, não cumpriu o prazo de uma das primeiras promessas feitas. A entrevista foi publicado no caderno Mais! da Folha de S. Paulo, que não liberou versão aberta para acesso, ou seja, os links nas declarações dele são para assinantes do jornal e/ou UOL.

 

A pequena Sara do Nascimento, de oito anos, geralmente acorda por volta das 10h, mas não pode abrir as cortinas do quarto. Feitas com um tecido especial chamado blecaute, elas escondem as estreitas janelas (com cerca de 15 cm de largura) e bloqueiam a entrada de raios solares no ambiente.

Depois de tomar o café da manhã, Sara inicia um ritual pouco comum entre as crianças da sua idade: fica completamente sem roupa para que sua mãe, Rosana Sbaraini Amâncio do Nascimento, 31, espalhe o bloqueador solar fator 60 por todo o seu corpo e observe detalhadamente sua pele em busca de uma nova pinta ou lesão.

Em seguida, a menina veste roupas confeccionadas sob medida com tecidos especiais que a protegem contra a luz ultravioleta emitida pelos raios solares e presente nas lâmpadas comuns. Só então ela pode ir para o quarto de brinquedos -igualmente protegido da luz (…)

Sara sofre de uma doença rara chamada xeroderma pigmentoso. A doença é genética e provoca extrema sensibilidade à luz solar -o que aumenta em mil vezes o risco de ela desenvolver um tumor de pele. É por isso que Sara é obrigada a se proteger com bloqueador, chapéu, óculos de sol, luvas e roupas compridas mesmo em casa.

Uma dica, é a de não procurar por imagens da doença no Google, algumas bastante chocantes, na sua maioria em crianças, o que só colabora para o impacto negativo. #fikadika

 

 

disney

Foi então – quando havia até quem ‘desmaiasse de fome’, segundo o livro, sem tempo nem dinheiro para almoçar – que os funcionários decidiram paralisar.

Ele era mesmo o genial criador de filmes como ‘Branca de Neve e os Sete Anões’, ‘Pinóquio’, ‘Dumbo’, ‘Bambi’, ‘Cinderela’ e ‘Peter Pan’ ou só o ‘administrador’ desses longas, já que não usava um lápis desde os anos 20, não desenhou Mickey e nem sua famosa assinatura era sua?

 

Cidade agrupa saudosistas do apartheid

Anúncios

Uma consideração sobre “Jornal de domingo: Saviano morto-vivo, a menina que nunca pode tomar sol, Walt Disney do mal e +”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s