Amassou, pôs na boca e cantarolou

No teste para o papel [em Cazuza – O Tempo não Para (2004)], ele [o ator Daniel de Oliveira] teria de interpretar a cena em que o cantor recebe o teste de HIV. Antes, vários choraram desesperados. Ele amassou o papel, pôs na boca e cantarolou Ideologia. Ganhou, claro.

Entrevista com o Daniel (que ainda está em cartaz com A Festa da Menina Morte) hoje, n’O Estado de S. Paulo, sobre a série Som & Fúria, que a Globo estreia amanhã.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s