Presidenta Marina Silva, evangélica, criacionista (e jedi!)

Sim, ela já deu declarações favoráveis ao ensino do criacionismo, a tese religiosa condenada pela ciência, para explicar a origem da vida.

*

Ser evangélica pode ser uma vantagem na campanha, pois há uma parcela, calculada em 15% do eleitorado, capaz de sensibilizar-se por esse tipo de apelo. Mas também pode ser a porta de entrada para temas polêmicos. Numa entrevista a um programa de TV evangélico, em 2008, Marina defendeu o ensino nas escolas da concepção religiosa de que Deus criou o mundo e os seres humanos como eles são hoje. A tese do criacionismo, como é conhecida, se contrapõe à teoria científica da evolução das espécies, desenvolvida por Charles Darwin. Para Marina, o criacionismo seria uma segunda opção de ensino. Para a maioria dos educadores, é uma grave confusão entre ciência e religião.

*

Por trás daquela imagem de fragilidade se esconde uma guerreira obstinada, ela é um Jedi,

disse uma vez José Dirceu, numa comparação com os personagens da série Guerra nas estrelas.

Época

 

UPDATE: recebi por e-mail:

UPDATE 2:

Tanto apego às origens, contudo, explica também atitudes descabidas como aceitar, ainda ministra, participar de uma reunião de apologia ao criacionismo, ou patrocinar celebridades esotéricas como Fritjof Capra.

Marina Silva tem o direito de ser religiosa ou mística, óbvio. Como integrante de um governo leigo, não devia dar o mau exemplo de promover doutrinas anticientíficas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s