Malhação de Rubens

barrichello(não sou eu!)

Dentro de algumas horas, se as engrenagens do mundo continuarem trabalhando no ritmo habitual, Rubens Barrichello cruzará a linha de chegada do Grande Prêmio de Interlagos sem conseguir impedir que seu companheiro de equipe conquiste, diante da torcida brasileira, o campeonato mundial de Fórmula 1. Antes que me acusem de derrotismo, é bom avisar: é das esferas das probabilidades que estamos falando. As chances de que Jenson Button seja campeão neste domingo são tão grandes quanto as de que, uma vez confirmado o resultado, o Brasil volte a se dedicar a um de seus passatempos favoritos: a malhação de Rubens.

Ao longo dos últimos anos, e certamente contra a sua vontade, Rubinho Barrichello construiu um universo simbólico tão poderoso que ultrapassou os limites do esporte. Entre piadas, trocadilhos e provocações, o ex-ferrarista virou uma espécie de representante arquetípico do fracasso. O deus da zica. O arífice do quase. Existe algo de místico na figura do azarado, e aos olhos do público Rubens Barrichello encarna esse ideal como ninguem. É como se ele tivesse sido ungido por uma força superior, que lhe concedeu a capacidade mágica de estar sempre a um passo da glória – e acabar invariavelmente ficando no meio do caminho.

Mas não é só isso. No caso de Rubinho, esse caráter místico se soma a uma compulsão nacional. Quando rimos dele, rimos um pouco de nós mesmos, de nossas próprias misérias pessoais. Os grandes heróis brasileiros sempre pareceram um pouco alienígenas, como se no fundo não fizessem parte da nossa turma. É como se Ayrton Senna ou Machado de Assis fossem areia demais pro nosso caminhãozinho. Não é à toa que chamamos o maior futebolista do país de ‘Rei’. A majestade deslocada de Pelé é um indício claro da nossa incapacidade de reconhecer o sucesso como uma contingência da vida, tão palpável quanto o fracasso ou a desilusão.

Chico Mattoso no Brasil Econômico.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s