‘Quem não engoliu a história foi João Gilberto…’

A química daquele encontro resultara num mágico LP de dez faixas, cuja capa mostrava Sinatra ao microfone e Tom ao violão, envoltos numa névoa de cigarros, perfeitamente adequada para a época [nota do blogueiro: Mad Men-feelings].

Por que Tom ao violão, e não ao piano, que era o seu instrumento? Porque, como ele me contou [ao Ruy Castro, que escreveu a matéria, no caso], os americanos de 1967 ainda não estavam preparados para um mortífero ‘latin lover’ -como tentaram vendê-lo – que não tocasse violão. Quem não engoliu a história foi João Gilberto. Ele achava que Tom deveria tê-lo convidado para tocar violão no disco.

Mas Tom nunca se arriscaria a que João Gilberto tentasse corrigir a afinação de Sinatra ou quisesse obrigar o homem a gravar uns 50 ‘takes’ de Dindi.

Lançamento resgata originais de Sinatra e Jobim, na Folha, fechado.

+som

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s