Xoxota

(…) Certa vez, um revisor corrigiu essa palavra em um livro de Jorge Amado, substituindo-a para ‘vagina’. O escritor, sabiamente, discordou. ‘Não, xoxota é xoxota mesmo, e pronto. Tem palavra mais gostosa de falar do que essa? Encha a boca e fale com vontade… xoxota‘, disse o bom baiano.

Revista Alfa

Tem a ver: Exclusão de termo de livro de Mark Twain evoca episódio com Monteiro Lobato

+livros

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s