Camelo, SEU DGÊNIO!

As pessoas buscam na arte um tipo de excitação fugaz, isso não condiz com o artista que se aprofunda nas suas pesquisas. É uma pergunta para a qual eu não tenho resposta. O papel do artista está na mão da sociedade. Consomem a arte que nem gafanhoto. Você acha que o Vampire Weekend vai durar mais quantos anos? O cara que falsifica a carteirinha de estudante é o mesmo cara que baixa o disco de graça, que acha um absurdo a Lei Rouanet, que olha pra mim e fala: pô, mas você não tem apartamento próprio? Que roupa é essa? Além de tudo me cobra uma compostura, uma liturgia do cargo. Dá vontade de falar: que cargo, malandro? Eu estou aqui que nem um padeiro, filho da p…, pra fazer a coisa fermentar e virar essa parada que e estou te mostrando, tu não quer pagar pela parada e ainda tem uma visão czariana, meio gosto, não gosto (polegar pra cima e para baixo).

Estado

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s