Monsanto é o Ecad da comida global

As quatro grandes corporações são Monsanto, DuPont, Syngenta e Bayer. Juntas elas representam algo muito raro, um momento único na história da humanidade: a ascenção do primeiro oligopólio global de sementes alimentícias desde o surgimento da agricultura.

A maioria dos americanos provavelmente não sabe que as sementes que dão origem à comida nas suas mesas – e ao algodão que eles vestem, ao etanol que queimam em seus carros e à forragem que engorda as galinhas e vacas que eles comem – são controladas por um pequeno clube de conglomerados.

( . . . )

Espertinhos que tentam replantar as sementes modificadas podem ser denunciados anonimamente através de um telefone 0800 da empresa [Monsanto]. A gigante chega a contratar detetives particulares para investigar os suspeitos de ‘quebra de patente’. Se necessário, eles são processados – inclusive agricultores que afirmam que suas terras foram acidentalmente infectadas por sementes trazidas pelo vento. Estas táticas de intimidação renderam à empresa alguns epítetos poucos simpáticos, como ‘Gestapo’.

De acordo com uma pesquisa publicada pela revista Science, quase um quarto de todas as descobertas biotecnológicas patenteadas pelas empresas de sementes foram realizadas por universidades financiadas com o dinheiro do contribuinte. (…)

Da Conservation Magazine – traduzido e publicado no Brasil pela nova revista Samuel, em seu segundo número.

‘Monsatã’

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s