Ainda o ‘Shame’ – ‘um dos filmes do ano’

(…) No início de Shame, filme de Steve McQueen, ele [Brandon, personagem de Michael Fassbender] está deitado sobre uma cama. Tronco despido. Pele branca. Rosto pálido, magro, seco. Lençóis muito azuis.

McQueen, o diretor, é também artista plástico. O plano não é inocente: uma evocação perfeita de um Cristo nas suas mortalhas, como os maneiristas o pintaram repetidamente. Aquele homem está morto. Difícil saber se haverá ressurreição.

João Pereira ‘ame-o ou deixe-o’ Coutinho, no melhor texto até agora que você lerá em português sobre o filme; na Folha de ontem.

‘Shame’

Anúncios

Uma consideração sobre “Ainda o ‘Shame’ – ‘um dos filmes do ano’”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s