De volta o difícil Chris Ware

‘(…) raramente duvido que minha mulher e filha estejam sentadas ao meu lado na mesa de jantar. Mas como cheguei ao ponto em que tenho na mesa de jantar uma mulher e uma filha que amo tanto? Essa é a parte estranha’.

O quadrinista Chris Ware (do difícil Jimmy Corrigan – O menino mais esperto do mundo, que eu comprei, comecei a ler há um tempo, logo desisti e ainda não consegui retomar), em entrevista à Folha de hoje, sobre seu último trabalho, Building Stories, que não vem em um fornato convencional e já está esgotado.

+arte&sociedade

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s