Jornalismo, profissão perigo (de morte!)

‘Jacques-Louis David, ‘A Morte de Marat’ (1793). Marat foi editor-chefe do jornal revolucionário francês L’ami du people – continue lendo

EDUARDO CARVALHO, Última Hora News (MS)
VALÉRIO LUIZ, rádio Jornal 820 (GO)
DÉCIO SÁ, blogueiro (MA)
PAULO ROBERTO CARDOSO RODRIGUES, Jornal da Praça (MS)
MÁRIO RANDOLFO MARQUES LOPES, Vassouras na Net (RJ)
LAÉRCIO DE SOUZA, Sucesso FM (BA)

Estes foram os seis jornalistas mortos no Brasil em 2012 durante o exercício da profissão, segundo a federação internacional da categoria – ficamos em quinto lugar em um total de 121 profissionais que perderam a vida ano passado, isso na frente de Iraque e Afeganistão, que tem guerras declaradas; via.

TEM A VER:

Papagoiaba no Facebook

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s