‘Por que a obsessão com o que gays fazem entre quatro paredes?’

As discussões sobre a emancipação homossexual nos ensinam, na pior das hipóteses, que o pênis ocupa um lugar elevado no imaginário conservador. Como a torre negra de Mordor, ele paira sobre todo o resto: preenche a mente e tapa a luz. (…)

Nos EUA, o caminho que vai do púlpito à sauna gay já foi tão pisado por pregadores evangélicos que surpreende ainda haver uma folha de grama sobre ele. Diante de mais um escândalo, um cansado Christopher Hitchens escreveu: ‘sempre que escuto algum falastrão de Washington ou do coração cristão do país martelando os males da sodomia, mentalmente anoto seu nome no meu caderno e satisfeito acerto meu relógio. Mais cedo do que tarde, ele será descoberto sobre seus cansados e desgastados joelhos em alguma latrina ou motel vagabundo’.

(…) aprendi, na minha vida (…), que os homens que são, como eles dizem, ‘seguros”‘da sua heterossexualidade têm pouco interesse naquilo que seus amigos homossexuais fazem na cama (…)

Sempre que ouvimos conservadores anunciarem que a igualdade para os gays ‘abala o casamento’, pensamos: nossos casamentos podem resistir a isso, o que há de tão errado com o de vocês?

Por que a obsessão com o que gays fazem entre quatro paredes?

Papagoiaba no Facebook

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s