#MichaelJackson >> ~um grande jarro de narizes falsos~

O dr. Mark Sinnreich se lembra da primeira visita de Michael ao cirurgião ortopédico em seu consultório na Flórida, em 2002: ‘Eu pedi para ele tirar a máscara […]. Parecia que tinha dois buracos. Nenhum nariz’. Michael teve de se virar com próteses.

Ele as mantinha em seu closet em Neverland, um grande jarro de narizes falsos – de várias formas e tamanhos – cercado por tubos de cola. ‘Ele me disse que eram para disfarces’, recorda Adrian McManus, uma de suas funcionárias no rancho Neverland.

Mas a única coisa que Michael estava disfarçando àquela altura era o resultado de, no mínimo, seis plásticas nasais: duas narinas cercadas por uma camada de cartilagem enrugada, murcha e descolorida. Ele era um maquiador habilidoso desde a adolescência, e em 15 minutos na frente de um espelho conseguia criar uma aparência capaz de enganar a maior parte das pessoas.

Cirurgiões plásticos especulavam desde 1990 na televisão se a ponta de seu nariz havia sido substituída por uma prótese de osso ou plástico. Em 2001, no entanto, as mudanças pelas quais seu nariz passava de ano em ano – às vezes de semana em semana – entregaram o jogo. (pág. 264)

Criticada por fãs, biografia sobre Michael Jackson chega ao Brasil

+Michael

Papagoiaba no Facebook & Twitter

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s