Arquivo da categoria: mídia

O vazio que Neymar vai deixar… na MPB (!?!?)

agora q o neymar vai pra gringa, quem é que vai ocupar o papel de principal vetor cultural brasileiro? quem vai revelar os novos hits do br?

(…) mas me preocupo mesmo com isso, caguei pro futebol. hoje o neymar tem uma força mto grande pra emplacar novos ídolos. acho que a única que estourou sem o aval dele foi Annita. haha. será que ele vai fazer isso na Espanha?

Questionamento pertinente;

E na capa do jornal Metro de hoje, a mensagem que ele deixou anotada na parede do vestiário em seu último treino no Santos:

capa_metro_neymar_saida_santos_choro

+Neymar

Papagoiaba no Facebook

Anúncios

‘Tá ouvindo’*

As músicas dela são toscas, mas os vídeos que faz são tão incríveis que chegam a convencer de que a música também é boa

Não sou eu que diz, e sim o músico Thiago Pethit, rising star da cena paulistana independente (independente? Bom…). Para matéria no Estadão sobre a revanche do clipe – porque, ainda segundo texto, dizer videoclipe é coisa de tiozinho (jornalismo é isso aê).

*Tá ouvindo? É Lady Gaga!

‘That’s hot’


Paris Hilton na Sapucaí (‘that’s cold | that’s hot’)

Uma coisa é ter mulheres na praia, seminuas, bebendo vários barris de cerveja. Outra, bem diferente, é ter uma mulher de vestido negro, na janela de um quarto de hotel, com uma lata de cerveja na mão. Para os moralistas da cerveja, na praia vale tudo. No quarto, não vale nada. E quando surge uma imagem demoníaca dessas, a solução é proibir. Na cabeça deles, a imagem degrada as mulheres e, em especial, a mulher loira, universalmente considerada a versão feminina de Forrest Gump.

Para o insulto ser perfeito, só faltava que o governo brasileiro liberasse o comercial sob a condição de Paris Hilton usar burca da cabeça aos pés. Não riam. Brasília está longe de Teerã, sim. Mas o espírito é o mesmo.

O cronista português João Pereira Coutinho na Folha, em texto que apesar de ter saído há um semana ainda é pertinente.