Arquivo da tag: ai weiwei

Ai Weiwei cidadão da rede

Ai Weiwei

O Twitter é o meu país

Ai Weiwei

+arte&sociedade
+internet

Papagoiaba no Facebook

Anúncios

Artistas não precisam fechar portas >> só abri-las

[…] logo no início, nos apresentam um gato que sabe abrir portas. Por que, pergunta, entre tantos gatos só um sabe abrir portas?

É uma boa questão a que se segue a observação aguda: gatos só abrem portas, não as fecham nunca.

Não é de gatos que Ai Weiwei estava falando, mas de artistas. […] bela metáfora […]

Filme sobre Ai Weiwei acerta ao conectar artista e sua obra

+arte&sociedade

 

Papagoiaba no Facebook

Ai Weiwei e esse ~nosso jeitinho~ classe média de ser

Ainda existem tantas crianças que desejam viver contos de fadas, rapazes e moças que desejam se apaixonar, jovens que sonham com sua vida futura, pessoas bem-sucedidas que desejam dirigir BMWs, comprar apartamentos de luxo e arranjar uma segunda esposa, participar de reuniões importantes, discutir assuntos acadêmicos, desenvolver empreendimentos imobiliários, colocar sua empresa no mercado, abrir uma joint venture, expandir seu portfólio de investimentos, vender remédios, produzir, vender entradas para espetáculos, promover, aprimorar… Tantos ‘desejos’, mas nenhuma vontade de respirar. Nenhuma vontade de abrir os olhos. Parece que as pessoas são capazes de existir no sufoco e na escuridão.

O artista chinês Ai Weiwei [talvez o mais importante do mundo hoje | responsável entre outras coisas pelo estádio ninho de pássaro das olimpíadas de Pequim e por isso] em post de 2006 no seu blog, reproduzido em folheto da exposição Interlacing, que aconteceu no Museu da Imagem e do Som de São Paulo.

+Ai Weiwei

Papagoiaba no Facebook

Duas frases

Eu me considero mais um jogador de xadrez. Espero meu oponente fazer sua jogada para reagir.

O artista plástico chinês Ai Weiwei, sobre a perseguição de seu país.

Sem querer provocar, mas eu passei a me comportar como um jornalista.

O 007 Daniel Craig, dizendo que quando chegou para filmar Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres, foi orientado a ‘comer e beber’ – como um jornalista (se isso não é uma profissão com o filme queimado…)

+arte
+cine