Arquivo da tag: ator

Vem aí o próximo Wagner Moura*??

Tomo guaraná
Os atores Robson Nunes e Babu Santana (foto) interpretarão Tim Maia em diferentes fases no filme sobre a vida do cantor, morto em 1998. Mauro Lima será o diretor.

Coluna da Mônica Bérgamo de hoje na Folha. Quem conhece o trabalho do cara em filmes como Estômago (e mais um monte de outros – inclusive séries), sabe que ele tem potencial pra ser o *próximo grande ator do cinema brasileiro.

Papagoiaba já tinha adiantado que a biografia Vale Tudo – O Som e a Fúria de Tim Maia, ia virar filme.

+filmes

Anúncios

Mais um Mutarelli no cinema


O produtor
O ator Sergio Marone comprou os direitos do livro Jesus Kid, de Lourenço Mutarelli, para fazer uma adaptação cinematográfica. 

Além de produzir, ele irá atuar no longa. 

+Muta

Desumanas

A Questão Humana (França, 2007). É de esperar que um título de filme como este provoque no espectador aquela mordidinha tensa no canto do lábio. E a projeção tampouco colabora para dissipar o estigma de certa forma negativo que recai sobre mais esse ‘filme-cabeça-europeu’ (uma injustiça em vista da produção diversificada do Velho Continente).
Psicólogo que utiliza as mais modernas técnicas (por ele mesmo desabonadas) para recrutamento de funcionários na filial parisense de uma indústria química alemã, o personagem vivido por Mathieu Amalric (melhor em O Escafandro e a Borboleta) é escalado por um superior para diagnosticar o comportamento supostamente fora do comum de um outro diretor.
É quando a trama descamba para a teoria da conspiração empresarial (e sentimental também!) e vai cair mais uma vez naquelas feridas abertas durante a Segunda Guerra na Europa, e que custam a cicatrizar – especialmente no cinema.
Isso em meio ao desfile melancólico e pretensiosamente experimental de sequencias arrastadas, em que o cinemão de Hollywood logo meteria um corte. Também das relações disfuncionais, distantes e frias dos personagens (principalmente entre protagonista e o sexo feminino) se comparado ao calor do lado de fora ao local em que o filme era exibido, no Cine Arte Posto 4, de Santos, dentro do 35º Festival Sesc Melhores Filmes.
Vai ver que, por essa mesma razão, um filme de cores tão quentes como Vicky Cristina Barcelona, de Woody Allen, presente na mesma mostra, tenha superlotado a sala em sessão anterior.
Híbrido entre O Grande Chefe (de Lars Von Trier) e suas relações disfuncionais no ambiente de trabalho, com o também francês Caché, outros dois exemplos tão dispares da recente produção européia, Questão… é filho direto e se parece mais com o segundo exemplo (também pela questão geopolítica), e que instituiu uma questionável fórmula intelectual, que pode até funcionar nos círculos ditos mais cultos, mas que por isso gira em falso no resultado final.
É como diz a personagem que deflagra toda a ação em Questão…, a secretária do diretor investigado pelo psicólogo/Amalric: as pessoas tendem a se afastar de quem emana tristeza, como se fosse uma doença. O filme sofre do mesmo mal.

A Questão Humana (França, 2007). É de esperar que um título de filme como este provoque no espectador aquela mordidinha tensa no canto do lábio. E a projeção tampouco colabora para dissipar o estigma de certa forma negativo que recai sobre mais esse ‘filme-cabeça-europeu’ (uma injustiça em vista da produção diversificada do Velho Continente).

Psicólogo que utiliza as mais modernas técnicas (por ele mesmo desabonadas) para recrutamento de funcionários na filial parisense de uma indústria química alemã, o personagem vivido por Mathieu Amalric (melhor em O Escafandro e a Borboleta) é escalado por um superior para diagnosticar o comportamento supostamente fora do comum de um outro diretor.

É quando a trama descamba para a teoria da conspiração empresarial (e sentimental também!) e vai cair mais uma vez naquelas feridas abertas durante a Segunda Guerra na Europa, e que custam a cicatrizar – especialmente no cinema.

Isso em meio ao desfile melancólico e pretensiosamente experimental de sequencias arrastadas, em que o cinemão de Hollywood logo meteria um corte. Também das relações disfuncionais, distantes e frias dos personagens (principalmente entre protagonista e o sexo feminino) se comparado ao calor do lado de fora ao local em que o filme era exibido, no Cine Arte Posto 4, de Santos, dentro do 35º Festival Sesc Melhores Filmes.

Vai ver que, por essa mesma razão, um filme de cores tão quentes como Vicky Cristina Barcelona, de Woody Allen, presente na mesma mostra, tenha superlotado a sala em sessão anterior.

Híbrido entre O Grande Chefe (de Lars Von Trier) e suas relações disfuncionais no ambiente de trabalho, com o também francês Caché, outros dois exemplos tão dispares da recente produção européia, Questão… é filho direto e se parece mais com o segundo exemplo (também pela questão geopolítica), e que instituiu uma questionável fórmula intelectual, que pode até funcionar nos círculos ditos mais cultos, mas que por isso gira em falso no resultado final.

É como diz a personagem que deflagra toda a ação em Questão…, a secretária do diretor investigado pelo psicólogo/Amalric: as pessoas tendem a se afastar de quem emana tristeza, como se fosse uma doença. O filme sofre do mesmo mal.

 

Três Curtas
Haynes e o calcanhar de aquiles da originalidade

random_#2

A gente odeia político, padre, bicha!

O documentário dos Titãs vai parecer Branca de Neve se comparado ao nosso

 

caruso

Obama disse de Lula: “Esse é o Cara”. Médicos que estão atendendo ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso não sabem se ele irá resistir.

Obama diz de Lula: “esse é o político mais popular do mundo”. Piora ainda mais o estado de saúde do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Obama diz de Lula: “Adoro esse homem”. Ex-presidente Fernando Henrique respira com auxílio de aparelhos.

Globo Online: Obama acrescenta sobre Lula: “é o mais popular porque é boa pinta”. Família de FHC já estuda doação de orgãos de ex-presidente.

Família de FHC, temendo que ele não resista às declarações de Obama para Lula, já estuda doação de orgão. Penas do pavão devem ir para a Portela.

Maior regulação do mercado e fim dos paraísos fiscais. Tudo que o Lula falou está na ata do G20. Miriam Leitão é internada na CTI ao lado de FHC.

Tasso Jereissati freta avião com dinheiro do senado e vai a SP ver o estado FHC e Miriam Leitão na CTI desde as declarações de Obama a Lula.

Serra foi visitar FHC na CTI e tambem é internado. Médicos supeitam que gripe aviária está atacando tucanos. Existe risco de epiDEMia.

FHC, já delirando na CTI depois das declarações de Obama, fala para Serra, seu companheiro de CTI: “Esse é o careca”.

Serra, já delirando na CTI depois das declarações de Obama para Lula, fala para Kassab que foi visitá-lo: “I love this gay”.

 

 

 

Nesta Páscoa, não se esqueça, chocolate engorda e coelho tá na moda

 

 

random_#1
Os toys de pano mais ***fOfUxOs*** da galáxia