Arquivo da tag: cinema

Mais um Mutarelli no cinema


O produtor
O ator Sergio Marone comprou os direitos do livro Jesus Kid, de Lourenço Mutarelli, para fazer uma adaptação cinematográfica. 

Além de produzir, ele irá atuar no longa. 

+Muta

Anúncios

Mutarelli superstar

Nunca mais vou atuar! Imagem toma conta de tudo. As pessoas que antes te tratavam mal agora tratam bem, detesto bajuladores. Outro dia estava no banheiro de um cinema, quando um cara me estende a mão. E eu ali, com as mãos ocupadas… Que situação!

Do novo Brasil Econômico (ou o ‘jornal da folha rosa‘).

E as capas dos ‘novos’ livros do Mutarelli*??

UPDATE: a Companhia das Letras, editora que publica o Mutarelli atualmente, passou pelo Twitter o link para a matéria no blog do autor dela, o Ronaldo Bressane.

Jornal de domingo – O lado B dos Beatles

Hamburgo foi uma jornada de iniciação num porto estrangeiro, cuja geografia tem paralelos com a de Liverpool, berço natal dos heróis ingleses. Foi num inferninho chamado Indra Club, antigo bar de strip tease na Grosse Freiheit, que eles cantaram (em alemão) Komm gib mir deine Hand (I Want to Hold Your Hand). Tocavam seis horas por noite para bêbados e depois iam dormir atrás da tela de um cinema imundo, o Bambi Kino. A evolução do senso de identidade do grupo se deu ali, nessa rebeldia contra o ethos burguês, na busca de afirmação marginal e individual dos heróis. George Harrison tinha apenas 17 anos. Paul McCartney tentou incendiar sua cama no Bambi Kino. Foi parar na cadeia. Lennon juntou-se a eles na ‘humilhante’ volta a Liverpool.

(…) a aproximação de Lennon do empresário Brian Epstein não foi só musical. Epstein, que praticava sexo violento com operários, segundo o autor, mantinha um apartamento para encontros casuais na Falkner Street, em Liverpool, e interpelou timidamente Lennon em 1963, quando a Inglaterra ainda punia com a prisão os homossexuais. Epstein teria sublimado essa paixão ao se tornar empresário do grupo (…)

O lado B dos Beatles num ensaio sério

+ de outros 100 posts sobre música no Papa

Depois de Arctic Monkeys… Queen!

queen

Depois de promover a exibição do show Arctic Monkeys at The Apollo em várias salas de cinema do Brasil, por apenas uma noite, em sessão única (a estratégia acabou servindo para divulgar o DVD de mesmo nome), agora o site Movie Mobz, espécie de rede social/orkut cinéfilo brasileiro, leva somente a algumas salas de São Paulo, nesta quinta-feira à noite (mais conhecida como hoje), o show Queen + Paul Rogers: Let the Cosmos Rock, gravado na Ucrânia em benefício das vítimas da AIDS, da mesma turnê que também passou por aqui e, pelo que eu pesquisei, é inspirada em um disco homônimo.

Não vou muito com a cara do Queen, mas essa iniciativa abre um precedente. Que venham os próximos filmes de rrrock – no escurinho da sala de cinema.