Arquivo da tag: guarujá

Clipe novo de um artista caro à este blog: Caio Bosco – ‘Em Frente’

Junta tudo que o cara parece mais curtir nessa vida: um som, o surf e o Guarujá – faixa tirada do último trabalho dele, simplesmente o que de melhor é produzido em música pop contemporânea na região de Santos, que embalou por meses a plsylist deste blogueiro e, por isso mesmo, é sempre altamente recomendado.

+clipes

Papagoiaba no Facebook

Anúncios

‘videozin do finde’ – 2

A previsão é de chuva para o domingão ‘na Baixada’, ‘na praia’ – digo, em Santos?? Então fique aê com um trampo do truta Rapha Tognini, altas ondas (u-huuu!) gravadas sob o sol e o céu do Guarujá, ao som do filho da(quela) terra Caio Bosco, na música ‘nova’ (eu pelo menos não conhecia) de sensacional nome na2so4+2h2o.

Raphael é o cara por trás do coletivo Dominó, que  pretende movimentar um pouco a cidade (lembremos que a Tarrafa já terminou) com uma exposição de arte, hum, ‘urbana’, ‘de rua’, na Cadeia Velha de Santos, a Oficina Cultural Pagu (e de que eu só não tenho mais informações porque o sujeito ainda não me passou – blogosfera é assim, aqui se faz aqui ‘se paga’ *rs).

Ele também já adianta que, depois desta, outra mostra já está programada.

‘videozin do finde’ (1)


UPDATE –
Raphael manda avisar por ‘MSN’ (na verdade, o messenger; essa mania que o brasileiro tem de chamar o produto pelo nome do fabricante – acredite, não são poucos que chamam o Reader de ‘Adobe’ – daí eu fico me perguntando, ‘Adobe o que??’)… Bom, o parêntese extrapolou esse parágrafo…

O nome da expo é & Outros (bela escolha), ‘realizada por artistas de diversas áreas, como fotografia, publicidade, artes visuais [e adivinhe só!:], & outros (…) para desenvolvimento de instalações, pinturas, fotografias & outros [tá bom, chega agora *rs].

A coordenação é do Maurício Adinolfi e, o Coletivo Dominó participa com o Rapha e a namorada dele, a Lia, com instalações e fotos.

Algumas fotinhas, cortesia do Rapha:

expo bru loureiro e lia mendesBru Loureiro e Lia Mendes


expo rapha togniniRapha Tognini


expo suzane cavalvanteSuzane Cavalcante

@caiobosco passou lá no trampo hoje e mandou avisar:

Esta quarta-feira faz um mês redondo que eu comecei a trabalhar na Realejo, ‘livraria-conceito’ aqui de Santos (passe lá um dia pra entender).

Enquanto arrumava em ordem alfabética os livros de bolso na ‘arara’ da L&PM (@velhorob não me deixa mentir, ele é testemunha), eis que entra na loja um habituê deste blog, Caio Bosco em pessoa, pra deixar um ‘bolinho’ do flyer aí em cima (veja o que já foi publicado sobre o Caio aqui no Papa).

O tal do Buguinha Dub, nos conta o próprio Caio (e este link aqui), já trabalhou com/produziu artistas do quilate de Nação Zumbi, Racionais MC’s, Mundo Livre S/A, Cordel do Fogo Encantado, Lucas Santtana, Mestre Ambrósio, entre outros.

Na ocasião (não este sábado, no próximo), os dois devem fazer apresentações separadas, mas o Caio não descartou que ele e o Buguinha tirem algum som juntos – torcemos para que sim!

Não ‘perda’! (#fikadika)

‘videozin do finde’

Não é lá das melhores coisas que a TV Colante já fez – digo, em termos de edição (nesse quesito, um dos ‘capítulos’ anteriores é quase clássico), mas a primeira música da trilha, que eu desconheço (a segunda é De Leve, com certeza), e a ‘barbarização’ dos colantes são ma-ta-do-ras!

 

Grafites de São Paulo se transformam em roteiro turístico

O queridinho das redações

Popscene FAIL


fica triste não, Caião

A culpa, no entanto, não é da Flávia nem do Hector, organizadores da festa santista que se fixou em São Paulo ano passado e deu uma parada agora. Agendada para maio, na edição da Virada Cultural para as cidades ‘do interior’ – litoral incluído (até cheguei a comentar aqui sobre o assunto), a gig acabou sendo cancelada por incompetência da organização, long story short, devido a uma falha de comunicação entre as secretarias de cultura municipal e estadual. Vergonhoso. A íntegra da explicação da Flávia pode ser lida no blog do Caio Bosco (que era uma das atrações confirmadas, e aliás foi ele quem me deu o toque do cancelamento, pelo Orkut), e na comunidade da Popscene. No mais, fica o desabafo da ‘Frá’:

são coisas que infelizmente acontecem nesse meio

Mas não deveriam mais, néam? No entanto, na mesma postagem do blog, o Caio manda avisar que dia 9 tem show na cidade natal do fera, Guarujá. Segue o flyer:

Santos ainda é uma das mais ricas, só que deixou de ser ‘top’

Santos ainda é a 6ª cidade mais rica do estado de São Paulo (na proporção de renda por habitante), mantendo a colocação de 2004 no último Índice Paulista de Responsabilidade Social – IRPS, espécie de Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Estado, elaborado pela Assembleia Legislativa com base nos dados de dois anos atrás. Quem deu a notícia foi o Oesp de hoje.

A cidade, no entanto, caiu do chamado nível top, acompanhando a tendência de outros nove municípios (ou 13%) que deixaram o Grupo 1: eram 73 em 2004 e, agora 64 em 2006, incluindo Araçatuba, no interior, outra grande cidade citada pela matéria (as condições decaíram também entre as piores: mais 12 cidades – ou 11,8% delas, passaram para o pior grupo, o 5: de 101 para 113 municípios em dois anos). Neste quesito, a capital ficou em 15º lugar.

Além da renda per capita, o IRPS também avalia longevidade e escolaridade da população para chegar ao resultado final. No primeiro destes tópicos, surpresa para quem achava Santos uma cidades de ‘velinhos’: só aparece no 570º lugar, entre os 645 municípios do Estado (Oscar Bressane – sim, isso é nome de cidade, arrebatou o topo deste ranking em específico, e até São Paulo ficou na ‘nossa’ frente, em 204º).

O pior resultado de Santos, no entanto, foi em escolaridade: derrapou do 12º lugar em 2004 para o 66º (!!) posto em 2006 (meio que vergonhoso) – ainda sim a frente da capital São Paulo, em 216º. São Caetano do Sul, na região do ABC, foi a mais bem colocada.

Outra revelação escandalosa do IRPS, e que a muito interessa aos moradores do litoral paulista, foi o pódio das cidades mais ricas: São Sebastião (1º), Bertioga (2º) e Guarujá (3º). Inacreditável. Um rápido passeio pelas três cidades revela que, para sustentar esse resultado, só mesmo a minoria bem nascida que acaba pesando sobre o grosso pobre da população.

 

A arte que abre o post é do Coletivo Action, apoiador explícito deste Papagoiaba (só dar uma checada nos comentários) e que tenta movimentar esta cidade com música e arte.

Perceberam também o ’13’ no cartaz? Pura coincidência, juro, só fui ver depois (o número corresponde ao DDD de Santos e região).

 

UPDATE: o IRPS vai ser usado para explicar a vereadores que, hum, não sabem o que é ser um vereador (!!!!!!!!!!). Vergonhoso… (via @adoteumvereador)