Arquivo da tag: oscar 2013

Ainda o #Oscar

Em ‘A Hora Mais Escura’, ‘Lincoln’ e ‘Argo’, o outro – iraniano, escravo ou islamista, não possui complexidade. O ponto de vista dos derrotados só aparece em ‘Django Livre’. Mesmo em Tarantino, cuja referência é sempre o cinema e não a História, a revanche só acontece graças à tradicional fantasia do branco que resgata o negro.

Nem o realismo nem a fantasia hollywoodiana parecem dar conta dos vencidos.

Aqui;

MAIS – pôsteres alternativos legais de alguns dos filmes concorrentes:

Papagoiaba no Facebook

 

Anúncios

OSCAR – a vitória de ARGO em duas frases

A primeira, do roteirista do filme, Chris Terrio, premiado na noite:

à todos que resolvem problemas sem violência, aqui, no Canadá ou no Irã

Tem a ver com a polêmica do filme A Hora Mais Escura, que perdeu força na corrida pelo Oscar graças às cenas de tortura inspiradas na caçada à Osama Bin Laden – o assunto já tinha sido tratado por aqui (UPDATE – TEM A VER)

Mas o que a academia que entrega o Oscar não conseguiu ver, é que histórias contraditórias como essa podem resultar em um filme que é bem de longe melhor que Argo, o que só reforça: é um prêmio político, não de meritocracia.

Cheguei até a comentar no Facebook que, quando Michelle Obama apareceu direto da Casa Branca para entregar o troféu, Lincoln ou Django levariam (por tratarem da questão racial, e a família presidencial hoje ser de afro-americanos).

Porem, acabei me esquecendo que política externa é um assunto muito mais latente para a geopolítica atual do que escravidão.

Novamente, nada a ver com arte: it’s the politics, stupid.

Agora a segunda frase, do Geroge Clooney:

Quem diria que um filme sobre o Irã ia ganhar um Oscar… – e fazer sucesso!

O PAPAGOIABA REUNIU EM TEMPO REAL DURANTE A PREMIAÇÃO O QUE DE MELHOR FOI POSTADO NAS REDES SOCIAIS SOBRE O EVENTO, CONFERE LÁ!!

(ainda tem um espacinho pra um dos melhores gifs da noite??:)

UPDATE – mais uma frase:

Argo foi o primeiro filme desde 1990 (Conduzindo Miss Daisy) a ganhar o prêmio maior sem ter uma indicação para seu diretor, e apenas a quarta vitoria desse tipo em 85 anos de Academia.

UPDATE 2 – dois gráficos que tem tudo a ver com Oscar e mídias sociais no site do bróderRogério Brandão – um deles, sobre o Twitter, abaixo (o outro, sobre o Facebook, no link):

Papagoiaba no Facebook

‘Acompanhar o Oscar pelo Twitter é como assistir ao programa com cem milhões de amigos bêbados’


(fazendo uma pausinha pra tuitar *rs!)

A experiência de uma segunda tela nunca é melhor do que na noite do Oscar, quando uma experiência de entretenimento separada (e alguns diriam superior) rola nas redes sociais. Os comentários, nos quais humoristas e outros parodiam os astros glamourosos e seus discursos às vezes risíveis, se transformaram em algo tão central à premiação da Academia quanto o tapete vermelho.

Acompanhar o Oscar pelo Twitter é como assistir ao programa com cem milhões de amigos bêbados’, diz Andy Borowitz, o humorista e autor que frequentemente se destaca no Twitter na noite do Oscar. No ano passado, ele resumiu sucintamente os dois vencedores anteriores do Oscar de melhor filme, ‘O Discurso do Rei’ e ‘O Artista’, como ‘um sujeito inglês que não consegue falar’ e ‘um sujeito francês que ninguém consegue ouvir’.

Tuitar ao vivo durante grandes eventos da TV, do Super Bowl (a final do futebol americano) à entrega do prêmio Grammy, já se tornou parte do nosso hábito de assistir, formando um espaço que reforça a audiência. Mas o fluxo durante o Oscar é particularmente cativante, porque fornece um antídoto para o glamour formal na tela. É como se tivesse não uma tecla ‘SAP’ no seu controle remoto, mas uma ‘PIADAS’, colocando você em contato com as pessoas mais engraçadas no ciberespaço. Os humoristas se reúnem como que por obrigação.

O Oscar se transformou em um dos maiores eventos de mídia social do ano. Na transmissão do ano passado, em um momento foi atingido o então recorde de 18.718 tweets por segundo.

Trechos de matéria que saiu no UOL;

É POR ISSO MESMO QUE,  DAQUI A POUCO, O PAPAGOIABA COMEÇA A REUNIR EM TEMPO REAL NUM SÓ LINK O MELHOR DO CONTEÚDO QUE PINTAR NAS REDES SOCIAIS SOBRE O OSCAR – É SÓ CLICAR!!

Papagoiaba no Facebook

Já temos pra quem torcer: Brasil está sim representado no Oscar!! (~naquelas~)


(se liga na bandeirinha colada na câmera que o cara tá mexendo…)

Indicado para melhor documentário, o filme registra o conflito entre israelenses e palestinos a partir das cinco câmeras destruídas pelo exército de Israel (daí o título) – sendo que uma delas tem a bandeira do Brasil colada! Explica-se: a mulher do diretor estampado no cartaz é uma brasileira criada na Palestina. Os equipamentos foram comprados para acompanhar o crescimento do filho do casal, mas num lugar como aquele, como passar incólume pela conjuntura? – visto no Brasil de Fato, e detalhe da verde e amarela no instrumento de trabalho do cineasta abaixo:

JÁ TÁ SABENDO, NÉ?? – AMANHÃ À NOITE O PAPAGOIABA VAI COMPILAR EM TEMPO REAL TOOODO O BUZZ DO OSCAR NAS REDES SOCIAIS, SEJAM NOTÍCIAS, CURIOSIDADES, COMENTÁRIOS ENGRAÇADINHOS, FOTOS, VÍDEOS E, É CLARO, GIFS!! ACOMPANHA LÁ QUE JÁ TEM COISA ROLANDO!!

Papagoiaba no Facebook

PAPAGOIABA compila o buzz sobre o Oscar 2013 nas redes sociais em tempo real domingo à noite!

VEJA NO FACEBOOK DO BLOG UMA GALERIA COMPLETA COM CARTAZES ALTERNATIVOS DE ALGUNS DOS PRINCIPAIS FILMES CONCORRENTES

Já guarda o link: http://storify.com/ibelli/blog-papagoiaba-na-cobertura-do-oscar-2013. No domingo à noite, quando começar a movimentação nas redes sociais sobre a premiação deste ano, é neste endereço que podem pintar alguns dos comentários mais engraçadinhos, curiosidades, notícias, fotos e gifs da maior festa do cinema. Papagoiaba vai estar de olho – principalmente no Twitter, mas tambem no Facebook (e à transmissão pela TV, é claro) para trazer uma cobertura alternativa e complementar que vai ser atualizada a todo tempo, sempre quando coisa nova e boa surgir.

Afinal, ficou muito mais legal acompanhar grandes eventos com um olho na tela da TV – e outro, na do computador (ou smartphone, tablet…)

E pra começar, já tem por lá os três primeiros posts publicados no blog sobre a premiação deste ano: http://storify.com/ibelli/blog-papagoiaba-na-cobertura-do-oscar-2013.

Papagoiaba no Facebook

Uma forte razão pra terem encanado com DJANGO… (e o porque de ARGO ser mesmo o grande favorito do Oscar)

Em ‘Bastardos Inglórios’, os carrascos eram os alemães em plena Segunda Guerra Mundial, rebentados às pauladas por um judeu com particular talento para esmagar crânios nazistas.

Em ‘Django…’, esse prazer infantil e extravagantemente visual pertence a um escravo. Onde está o crime?

 

O crime, é lógico, está no fato de Tarantino virar o jogo, concedendo às vítimas da história uma espécie de vingança póstuma e cinéfila. As patrulhas politicamente corretas perdoam tudo. Exceto que as suas vítimas de estimação tenham direito a usar paus, chicotes ou armas.

(…) Desconfortável?

Sem dúvida. Mas quem quer verdades confortáveis pode sempre assistir a ‘Argo’, filme dirigido por Ben Affleck que, suspeita minha, vai levar o Oscar de melhor filme neste ano.

Em ‘Argo’, um operacional da CIA entra no Irã revolucionário de 1979 para resgatar o pessoal diplomático da embaixada dos Estados Unidos. Entra sem disparar uma bala, sai sem disparar uma bala.

Honestamente: haverá coisa mais bonitinha?

Coluna do JP Coutinho hoje na Folha;

Papagoiaba no Facebook

Tom Cruise assistou a’O MESTRE e parece que não gostou (um disparate!!)

O teor do roteiro fez com que Tom Cruise, indicado ao Oscar de ator coadjuvante por ‘Magnólia’, se indispusesse com o amigo diretor [Paul Thomas Anderson, de Sangue NegroBoogie NightsEmbriagado de Amor].

‘Mostrei o filme para ele, mas o resto da história vai ficar apenas entre nós dois’, desconversa o cineasta.

Aqui; o filme tem relação com o surgimento da cientologia, seita da qual o astro é maior garoto propaganda;

Meus brevíssimos pitacos sobre o ótimo O Mestre.

Papagoiaba no Facebook